4 Funcionalidades do ERP para Alavancar o Desempenho da sua Empresa

O tamanho das empresas e a grande quantidade de pessoas, insumos e processos envolvidos na entrega de um produto ou serviço tem exigido cada vez mais eficiência dos gestores.

No entanto, lidar com toda essa quantidade de informações e, ainda por cima, administrá-la da melhor forma possível, não é uma tarefa simples. Diariamente, empresários de todos os ramos sofrem com erros, falta de comunicação entre as áreas, lentidão nos processos internos e baixa visibilidade gerencial.

Felizmente, já existem tecnologias disponíveis no mercado capazes de reduzir consideravelmente esses problemas e facilitar o trabalho dos administradores. Uma delas é o ERP (Enterprise Resource Planning), que significa “planejamento dos recursos da empresa”.

Um ERP é, basicamente, um software que integra os dados e processos da empresa em um único sistema, permitindo acesso centralizado à informação e facilitando a gestão do negócio como um todo.

Funcionalidades

Há uma série de sistemas ERP disponíveis no mercado, mas cada um deles tem funcionalidades que se adequam melhor a um determinado tipo de segmento. Cabe ao gestor, então, o papel de avaliá-las e decidir qual o fornecedor mais adequado, de acordo com as suas necessidades.

Para o setor de e-commerce, especificamente, algumas dessas funcionalidades se destacam, sendo frequentemente apontadas como as que mais geram retorno positivo:

1. Emissão de Notas Fiscais

O Brasil é o campeão mundial em burocracia. Esse fato faz com que, muitas vezes, os processos de geração e emissão dos documentos fiscais exigidos pela lei sejam muito lentos e complexos, afetando o desempenho da empresa.

Ao utilizar um ERP, no entanto, essa tarefa fica muito mais simples. Isso porque basta parametrizar o sistema com suas informações fiscais de tributação e impostos e cadastrar todas as suas operações uma única vez, que o mesmo se encarrega de efetuar todos os cálculos de impostos necessários em suas emissões de Notas Fiscais

2. Controle de Estoque

O controle de estoque é a funcionalidade responsável pelo monitoramento do fluxo de materiais da empresa, bem como pela análise e previsão da necessidade de compras futuras.

É uma etapa de extrema importância dentro da cadeia de suprimentos e precisa ser gerida com estratégia para evitar prejuízos. O volume de compras deve ser muito bem pensado para que não faltem produtos em estoque (o que faz com que a empresa perca vendas) e nem sobrem devido à compra em excesso ou sazonalidade, por exemplo (o que gera custo de estoque parado).

O sistema ERP faz essa gestão de forma automática, fornecendo as informações necessárias para que os tomadores de decisão possam ter embasamento na elaboração de suas estratégias.

Contando com esse apoio, a empresa reduz custos devido ao controle mais eficiente do estoque, aumenta a produtividade, e, ainda, libera o capital que até então vinha sendo desperdiçado para ser investido em outras áreas, melhorando o desempenho da empresa como um todo.

3. Gestão Financeira

Até mesmo os setores mais tradicionais do meio corporativo como o administrativo e o financeiro estão se modernizando. O ERP automatiza e agiliza os processos financeiros da empresa, permitindo um controle mais efetivo das contas a pagar e receber e do fluxo de caixa.

O sistema garante a convergência e atualização imediata das informações pertinentes ao setor financeiro, facilitando o acesso aos dados estratégicos e aumentando a visibilidade gerencial, além de reduzir consideravelmente as chances de erros.

Por último, o sistema possibilita a geração de relatórios de desempenho, que podem ser usados para identificar possíveis pontos fracos e fazer projeções e planos para o futuro da empresa.

4. Monitoramento do Processo de Entrega

Todo bom lojista sabe que a venda não termina após o pagamento. O processo todo só vai se encerrar no momento em que o cliente recebe o seu produto em mãos. Até lá, a empresa deve contar com a máxima visibilidade gerencial para garantir que o consumidor tenha a melhor experiência de compra possível.

Para isso, um ERP que conta com o monitoramento do processo de entrega pode ser um diferencial, pois ele fornece uma ferramenta de rastreio dos produtos ao longo de todo o trajeto de entrega.

Dessa forma, o sistema mantém o consumidor atualizado e ciente da etapa em que se encontra seu pedido, podendo se programar melhor para receber a encomenda e não sofrer tanto com a ansiedade da espera.

O Potencial

Essas são apenas algumas das funcionalidades do ERP, mas existem inúmeras outras. Pesquisas realizadas pelo Aberdeen Group, empresa americana de consultoria, revelaram que as empresas costumam usar, em média, apenas 27,6% das funcionalidades oferecidas pelo sistema.

À medida que a empresa aprimora seus processos e profissionaliza suas operações, passa a conseguir explorar de forma mais ampla o potencial deste tipo de ferramenta em seu negócio.

Assista agora o case da São Paulo Auto Peças e veja como essas e outras funcionalidades do ERP podem ajudar a sua empresa a crescer, mantendo a qualidade do serviço oferecido.

Receba os conteúdos desenvolvidos pelos nossos especialistas: