Migração do negócio para a nuvem

O cloud computing (nuvem) oferece a facilidade de acessar suas aplicações por meio da internet em qualquer lugar do planeta, da mesma forma como se estivessem instaladas em um servidor local. Muitas empresas ainda têm receio de migrar o seu negócio para nuvem, mas esta é uma barreira que tem sido quebrada gradualmente no Brasil. Por isso, segue abaixo alguns pontos importantes para considerar na migração da sua operação para nuvem.

Manutenção

É muito comum um servidor precisar de um upgrade de memória ou disco. Esta manutenção normalmente exige que a aplicação fique indisponível até que o processo seja concluído. Este tipo de manutenção em cloud é totalmente transparente para o usuário, sem inatividade da operação.

Monitoramento

Quando temos uma infraestrutura tecnológica local, há uma série de cuidados que devemos tomar, por exemplo: realização periódica de backups, manutenção técnica nos servidores, monitoramento de performance etc. Em cloud, essas rotinas são realizadas constantemente, com sistemas de monitoramento extremamente avançados, garantindo ao máximo a disponibilidade da sua operação.

Prevenção de desastres

Caiu aquela tempestade de madrugada que deixou o prédio todo sem energia elétrica. Ao tentar ligar o servidor, surpresa! Ele queimou. Resultado: horas ou até dias de ociosidade operacional. Também há cenários muito piores que este, por exemplo, ter o banco de dados hackeado e, simplesmente, perder todos os dados de anos de operação e, detalhe, sem backup! É comum ver empresas fecharem as portas por problemas como este. Em cloud, sua aplicação está protegida. Todas as boas práticas de tecnologia são aplicadas a fim de garantir disponibilidade, integridade e confidencialidade dos seus dados.

Segurança

Ao tratar o envio da sua aplicação para cloud, você assinará um contrato com acordo de nível de serviço (SLA), termos de confidencialidade e integridade dos seus dados. Isso dará segurança para que você tenha um serviço confiável e de qualidade.

Em nosso dia a dia já adotamos o modelo “cloud”. Ele está presente na forma  como consumimos conteúdo, como interagimos com outras pessoas. São alguns exemplos: Gmail, YouTube, redes sociais etc. A computação em nuvem já é uma realidade, só está evoluindo para o meio empresarial.

Receba os conteúdos desenvolvidos pelos nossos especialistas: