Custos de um estoque parado

O estoque de uma empresa refere-se ao conjunto de bens e materiais mantidos em depósito num determinado período de tempo, com o objetivo de suprir regularmente às demandas futuras. Sua principal função é manter o equilíbrio entre produção e vendas, evitando tanto a falta quanto o acúmulo de produtos no depósito. Trata-se de uma etapa da cadeia de suprimentos que envolve inúmeras variáveis e é responsável por uma fatia considerável dos gastos da empresa, por isso a fama do ditado que diz que “estoque parado é dinheiro parado”.

É de consenso geral que a manutenção do estoque é bastante onerosa. No entanto, poucos são aqueles que entendem a gama diversificada dos custos envolvidos no processo de estocagem da produção. São eles:

Custos de armazenagem: tratam-se dos gastos necessários para manter um estoque físico. São os alugueis, impostos, seguros, custos com conservação, refrigeração, contas de luz, água, etc.

Custos do manuseio de estoques: englobam os custos com maquinário e equipamentos envolvidos no processo de manutenção e reposição de produtos no armazém.

Custos de pessoal: são os salários e encargos sociais dos funcionários envolvidos ao longo do processo de estocagem.

Custos de risco: precificam o risco envolvido em manter produtos em estoque. Esta categoria engloba a depreciação, a obsolescência, os roubos e os furtos.

Custos de capital de giro: são os juros bancários e o custo de oportunidade, esse último menos óbvio que os demais. Custo de oportunidade corresponde àquilo que se deixa de ganhar na segunda melhor alternativa por se escolher a primeira, ou seja, quanto a empresa deixa de ganhar ao escolher manter o estoque.

Custos da falta de estoque: quando um produto está em falta no estoque, a loja onde ele é vendido não tem para onde recorrer quando o produto em questão acaba. Em casos como esse, a empresa perde vendas pelo fato de não planejar a quantidade da produção, o que faz com os clientes acabem comprando da concorrência.

Um bom acompanhamento de estoque é essencial em uma empresa, por isso a importância da manutenção contínua dos registros e indicadores que garantem a visibilidade gerencial. Com esses dados em mãos, é possível a garantia do abastecimento de materiais nos processos de fabricação e venda, o controle da quantidade armazenada, da obsolescência e da sazonalidade, a prevenção de perdas, danos e mau uso dos materiais, e, principalmente, o controle e redução dos custos sem comprometer a qualidade do serviço oferecido aos clientes.

Apesar de não haver uma fórmula para o sucesso o logística, alguns passos podem ser seguidos para garantir um bom resultado:

1 – Analise sua operação

Faça pesquisas de mercado e conheça seu público-alvo. Os inventários também são uma importante fonte de dados para o gestor. Através deles, você pode obter uma gama de informações essenciais para a sua empresa, e, a partir destas informações, realizar um planejamento mais assertivo.

2 – Planeje

Realize um planejamento estratégico de acordo com as necessidades específicas do seu estoque. Essa é a hora de colocar todo o conhecimento obtido na análise dos inventários em prática e não ter medo de pensar fora da caixa. Calcule a previsão da demanda, defina as quantidades a serem compradas e mantidas em estoque, escolha o modelo de reposição, etc.

3 – Negocie com os fornecedores

A partir do momento que você reconhece as necessidades da sua empresa e sabe onde melhorar, você deve negociar com os seus fornecedores para obter condições e preços que se adequem ao novo plano de metas.

4 – Defina os processos

Ter um processo padronizado reduz a chance de erro. Portanto, defina o passo a passo a ser seguido por sua equipe de forma que os melhores resultados sejam atingidos.

5 – Invista em tecnologia

Gestão de estoques não é uma tarefa simples, especialmente se você trabalha com grandes fluxos de compra e venda. Mas, para a felicidade dos gestores, hoje em dia já existem soluções tecnológicas capazes de simplificar essa função. Seja utilizando um ERP ou um WMS, aliando tecnologia e planejamento estratégico, com certeza você reduzirá seus custos e terá melhores resultados em sua gestão.

Receba os conteúdos desenvolvidos pelos nossos especialistas: